Ou você muda, ou a vida muda você!

A vida seguiu seu rumo, eu consegui várias coisas pelas quais eu sempre lutei e vi que nenhuma dessas coisas me transformou na pessoa que eu pensei que me tornaria se tudo que conseguisse fosse realidade. Eu condicionei a minha felicidade a acontecimentos e realizações externas, a lutas- algumas praticamente impossíveis e até por isso, sem a menor razão, quase um desperdício de energia- e lutei por tudo para que provasse para mim mesmo que era capaz de vencer.

Eu li essa última postagem, de 2010 e não entendi nada. Por que deixar a minha vida sob responsabilidade dos outros? Mas foi muito importante reler um post antigo, pois eu vi que na verdade, foi exatamente isso o que eu fiz. Eu, por um tempo deixei a minha vida sob responsabilidade de outra pessoa e durante um bom tempo lutei com todas as minhas forças para “provar” que era capaz de retomar o controle da minha vida. Tanta luta, tanta competição… Acho que ganhei, mas no final, cadê o pódio? Aonde estão as medalhas? Os aplausos e o depois do fim?

Lutei, venci e provei que sou capaz mas esqueci que não precisava provar nada para ninguém. Esqueci que o caminho era tão belo e tão complexo quanto a chegada. Cheguei, mas e daí?  Olho para trás e tenho sim, orgulho das minhas atitudes, mas de algumas paisagens eu simplesmente não me lembro. Na verdade eu só me lembro de, durante o caminho estar tão obcecada pela linha de chegada que não me concentrei no caminhar. Durante muito tempo, caminhei sozinha, e fiquei tão condicionada às metas e chegadas que durante um bom tempo esqueci quem eu era durante o caminho, focada em quem seria quando vencesse.

Hoje em dia, eu vi que nada faz sentido e que a vida pode muito bem ser injusta, ou não, mas que a consequência do passado não é o futuro e sim o tempo que fica entre o passado e o futuro- o presente. Que só pode ser vivido naquele momento e as sensações que só podem ser sentidas uma vez para depois virar uma vaga lembrança e no fim, mais que a lembrança de um futuro promissor, o que vivemos é um presente encantador, ou não. E as minhas lembranças do meu passado se resumem à esperança de um futuro brilhante que nunca mais chegará. E por isso doeu e dói tanto!

E o medo de sofrer pelo futuro inexistente, me fez viver um presente cada vez mais constante e solitário e não mais esperar tanto por um futuro promissor. Mas chegou um momento em que o futuro virou um medo e todo presente que remetesse a um futuro promissor ou a qualquer possível projeção de uma vida perfeita, virou um tormento, pois eu não aguentaria mais ter que esquecer o futuro que nunca acontecerá.

E como proteção, para não sentir a dor da perda do futuro amoroso e promissor eu fiz tudo que podia fazer para pensar nas metas que gostaria e para encontrar as respostas dos “e ses” que eu não vivi. Eu obtive as resposta que eu queria, tive todas. Parece que o tempo voltou e que eu pude retomar ao ponto anterior a decisão que mudou o curso da minha vida e que, eu tanto me perguntei porque teria escolhido.

E essa passagem para o passado no futuro, esse lapso temporal em constante mudança e o retorno à proposta que havia deixado de viver me fizeram ver que tudo, absolutamente tudo é uma experiência. E cada experiência compõe quem eu sou. O retorno e a segunda chance não farão com que a dor da perda do futuro deixe de existir. Porque aquele futuro nunca vai existir senão nas minhas lembranças do meu passado. E o meu passado traduzido na possibilidade de um futuro iminente faz parte do que eu sou e não, não vai adiantar fingir que não me importo. Olhar para fora e buscar no mundo externo o que eu julgava ter perdido enquanto olhava para dentro.

Todas são oportunidades e esquecer de mim, esquecer do meu corpo não vai fazer com que essas lembranças desagradáveis deixem de existir. Ficar acima do peso e não olhar para dentro, além de não fazer com que as lembranças ruins sumam ainda não me deixarão livres para viver uma nova experiência. NOVA!  E pode ser tudo o que tiver que ser, menos igual a experiência anterior.

Não tem mais recompensa, não tem pódio e nem linha de chegada. E nem tem com quem competir. Eu já venci as duas competições, e já sei quais são as consequências dos “e ses” dos dois ou três. E agora eu vivo uma realidade e prioridades que eu nunca havia planejado, mas que é simplesmente a parte mais importante da minha vida. E agora chegou a hora de parar de competir, de parar de olhar para fora e começar a olhar para dentro. E permanecer gordinha não vai me impedir de sofrer…. da mesma forma como não me impediu anteriormente. Ser a pessoa que eu era- com o peso que eu tinha e as conquistas que eu tive- não vão me fazer voltar as dores que eu tive, da mesma forma que carregar e assumir os quilos extras não farão com que eu nunca mais sofra.

Eu fui muito feliz e com certeza serei feliz novamente. Eu sou muito grata a tudo e todas as pessoas maravilhosas que entraram na minha vida. Até as que me fizeram mal, me fizeram bem e não vou mais ter medo de sofrer pelo futuro inexistente porque eu mereço, e já sou, muito feliz! Estou, sem dúvida no melhor momento da minha vida, um momento de renovação e de muito, mas muito amor. E eu mereço me amar e gostar do meu corpo. Emagrecer não é mais o pódio, o estilo de vida é o caminho e eu vou ser ainda mais feliz e plena!

E a partir de agora, vivendo com mais leveza e me amando cada vez mais… Eu vou seguir um novo caminho e me abrir novamente para as coisas boas que o meu corpo pode me proporcionar e já está proporcionando. Só falta eu começar a me reconhecer nas fotos! Vou ficar assim, novamente pois é assim que eu me reconheço e que me vejo.. É assim que eu sou feliz (no lapso temporal que for) e é assim que todos irão me reconhecer:ImagemImagemImagemImagem

O que eu sinto mais falta é do meu rosto, nesse dia… pois esse dia, assim tão simples e tão despretenciosamente, foi um dos dias em que eu mais me amei…. e só dependeu de mim.. eu, sozinha, um espelho e uma câmera (sem filtro).

Eu preciso muito me amar novamente, me ver novamente e me amar, independente de quem me ame ou do quanto me sinta amada. E isso não é um manifesto da solidão, pois eu já disse que venci todos os “e ses” e agora eu sinto só vontade de me amar novamente, e assim atrair pessoas que me amem, como eu sou!

Eu já comecei e quis fingir que não precisava de emagrecer… Mas eu preciso urgentemente ser feliz com a minha imagem novamente… Na verdade, transmitir para o mundo a felicidade que eu sinto… Hoje, um saxofone é o que me faz mais feliz! E ele ainda não havia entrado na minha vida nessa época aí da foto… Mas agora, que entrou, ele merece que eu seja tão, mas tão feliz e irradie a felicidade como nessa foto. Eu sinto saudades de mim….

Emagrecer não é o fim… é o meio….

Mudar e me cuidar é preciso, senão a vida vai me mudar mais uma vez! E vida, por favor, agora vamos fazer essa mudança com muito amor, porque na dor eu já aprendi! 🙂

Imagem

 

-Tem um saxofone, uma tatuagem e mais 14Kg aí e essa é provavelmente uma das únicas fotos de agora e feliz que você vai ver por aqui porque depois das da festa de sábado eu não tiro mais nenhuma com câmeras alheias! rs…. Estou tão feliz, o sax mudou tanta coisa, que acho muito injusto não transmitir essa felicidade para o mundo!

 

Chegou a hora de mudar de dentro prá fora…..

 

Vou postando as novidades e muito mais que uma dieta, aliás muito mais que tudo que eu já fiz, agora a felicidade é o caminho e o caminho é o amor. E se eu fosse você, me acompanhava porque vão acontecer muitas coisas legais, muito mais legais que comidas calóricas porque eu não preciso disso prá ser feliz e, consequentemente, vão embora rapidinho, 14 Kgs. E você vai ver alguém se (re)conhecendo e mostrando que comida é fuga e, como a gente só foge do que não gosta ou do que tem medo, eu não vou mais fugir de mim e nem tampouco da minha felicidade!

 

Ahh… amanhã tem aulinha de sax e depois de amanhã, começo na yoga, vou conhecer a Bikram Yoga e escrevo as minhas impressões…

Anúncios

Não estou muito bem!

Saí do meu emprego, estou buscando uma nova recolocação. Na verdade já estava querendo sair do meu trabalho, mas como as coisas aconteceram foi meio complicado. Quero muito me mudar para o Rio ou SP e estou mandando curriculos para essas regiões.

Estou comendo feito louca novamente! Não dá! Preciso me reequilibrar.

Marquei para terça-15 uma consulta com um ótimo terapeuta, que trata as doenças como um todo e volto após a avaliação dele para dizer o que vou fazer para mudar.

Vamos voltar prá cá?

Como eu comecei o outro blog mas sempre vejo que tenho recados e visitas neste e como o outro não está lá essas coisas resolvi agora, em um ato impulsivo, voltar prá cá!

Sem posts longos por enquanto. Estou passando por um momento bem difícil, pensei que fosse voltar dos EUA arrebentando a boca do balão e tem um ano que estou procurando emprego.

Terminei meu namoro, mas coisas totalmente inesperadas acontecem e pode ser que, mesmo sem querer muito, eu acabe voltando e dando mais uma chance a minha relação. Bom, são muitos sentimentos misturados.

Tinha emagrecido e engordei, tinha arrumado um emprego que parecia ser a solução dos meus problemas e vi que foi uma furada sem tamanho, tenho que fazer uma cirurgia sob o risco de se não fizer não poder ter filhos,  e mais um monte de ilusões desmoronaram e descobri que o mundo não é assim tão belo, mas também não é tão feio quanto parece.

Pensando, pensando eu estou vendo que esse processo de mudança todo tem que vir de dentro prá fora e que eu preciso ser capaz de superar os meus limites.

Vou emagrecer! Já nem estava ligando muito para isso, ainda mais depois que terminei e vi que “estava agradando” mesmo gordinha.

Preciso me sentir melhor e preciso ser melhor e vou (re)começar, só que desta vez quietinha… sem muito alarde e só vou falar disso aqui no blog… pelo menos espero…

 

e tudo começa mais uma vez…

 

Tá hoje acordei as 15h comi metade de uma lazanha Sadia, são 23h e à pouco tempo comi a outra metade…

Mas amanhã é um outro dia! Sem cobranças demasiadas… mas com foco! FOCO e LEVEZA é isso que eu quero e espero em todos os campos da minha vida! E EU JÁ ESTOU CONSEGUINDO!

Hoje 10/10/10 a minha vida começou a mudar!

 

 

 

Parabéns para mim!!!

Já passa da meia noite então já é meu aniversário!! Hoje completo inacreditáveis 27 anos!!! Estou um pouco aflita por não ter conseguido nenhuma entrevista de emprego até agora, estou realmente precisando de dinheiro e, pensei que com o upgrade no currículo fosse ser mais fácil. Estava preparadíssima para chegar e já começar um batalhão de entrevistas, mas para a minha surpresa não venho obtendo respostas para os meus envios de currículos, nem mesmo as que eu julgava como certas.

Mas eu tenho certeza que o meu futuro está nas mãos de Deus e que Ele tem algo muito especial guardado para mim e só está esperando o momento certo para os Seus planos se concretizarem na minha vida. Eu que tenho que aprender a esperar e, principalmente confiar! Sinto que estou fazendo o que tem que ser feito e que, em breve verei os resultados!

Bom, acabando o momento reflexivo-desabafo, ontem comecei a dieta dos pontos. Comecei seriamente, não estou falando nada com ninguém e tenho certeza que com esta dieta, já tão conhecida conseguirei eliminar os 15 kg que preciso!

Estou anotando minha alimentação em um outro blog e calculando os pontos dos alimentos por lá. Hoje/Ontem, me senti muito bem e comi até mesmo sucrilhos com leite desnatado. Meu namorado tem feito uma certa pressão- e com uma certa razão- para que eu cozinhe e eu estou aproveitando para me “apaixonar” um pouco por essa arte e, no meu tempo ir fazendo as minhas artes na cozinha. Até porque se eu cozinhar eu posso fazer minhas comidas mais saudáveis e gostosas, e ele vai acabar me acompanhando nessa e não criticando tanto e comendo frituras! E sinto que cozinhar é fundamental para emagrecer, é mais uma forma de prestar atenção no que eu estou comendo.

Ontem eu fiz um bolo de cenoura mas hoje nem toquei nele, com muita dor no meu coração confesso! Mas o meu peixe assado ficou realmente sem precedentes!

Hoje choveu demais por aqui e não saí prá correr. Estou doida prá voltar prá academia, mas preciso arrumar um emprego antes. Quero ver se corro pela manhã, ou mais cedo do que estou indo porque, infelizmente está ficando muito perigoso sair à noite para praticar exercícios nas ruas. Sexta feira aconteceu uma coisa muito chata, eu e minha amiga fomos alvo de um “tarado”.  Prefiro nem comentar à respeito, mas fico muito triste com essas coisas, pq bem ou mal acaba desestimulando.

O meu limite de pontos é 343 e hoje eu fechei o dia com 340! Estou feliz e empolgada para, enfim e definitivamente, emagrecer para sempre!!!

 

 

*nunca consigo colocar fotos nesse blog, gosto do wordpress mas acho que vou aproveitar esse momento de transição e vou voltar pro blogspot. Tb preciso visitar mais blogs, eu sinto que já estou desacreditada na blogosfera.. tenho escrito mais prá mim e ficado mais quietinha por isso…

De volta e na pressão!!!

Cheguei no dia 03 de outubro e estou voltando à rotina! Já deixei claro ao Universo o emprego que quero ter e, tenho certeza que ele está vindo para mim. Matei as saudades de todos, não consegui fazer tudo o que havia planejado pq aconteceram muitas coisas sem meu planejamento prévio que tinham que ser resolvidas. A volta pra casa foi muito boa, maravilhosa, sensação inigualável. E agora com as coisas se acertando, a poeira baixando e a festa acabando o que eu sinto muita falta é do meu emprego e do meu dinheirinho, mas sei isto já está sendo providenciado por Deus!

Comi com moderação, acredito, apesar de ter comido tudo que estava com saudades. Voltei prá casa com o rosto cheio de espinhas, e agora elas sumiram todas.  Tomar café de verdade e almoçar é muito bom, não tenho nem palavras!!! Na semana passada eu corri um dia e quase morri, de verdade! Não estava aguentando nada!!! E logo depois foi o feriado, não viajei mas saí com amigos que eu não via há muito tempo porcausa do intercâmbio, além de ter feito uma comidinha com meu namorado!

Eu sinceramente, mesmo tendo comido coisas calóricas achei que dei uma maneirada. Na quarta e na quinta passada eu corri, na sexta eu tomei umas cervejas- mas só umas três, tinha mt tempo que não bebia-. No sábado almoçamos fora, no domingo a mãe do Richard fez feijoada e eu estava MORTA de vontade de comer!!! Mas comi com educação e não repeti! Nem aguentaria!!! E depois ainda tive que tomar sal de frutas pq o negócio tava feio!!! rs…

Na segunda fizemos frango à parmegiana e ontem e hoje meu almoço foi arroz, feijão, frango grelhado e MUITA salada!!!

Hoje eu corri de novo por mais ou menos uma hora. Só que meu condicionamento físico tá uma merdinha, então eu corro uma música e descanso duas!!! Mas eu estou realmente empenhada em emagrecer DE VERDADE!!! Vou ver se dou uma repaginada nesse blog prá dar uma renovada no meu astral.

Estou sentindo de verdade, que muitas coisas boas estão vindo na minha direção e neste momento estou completamente focada prá três coisas: carreira, emagrecimento e namoro! E só!!! Quero muito ser Feliz!!! e Só isso!!!

E sinto que já estou alcançando o sucesso, sei que estou emagrecendo, tendo uma relação saudável com o meu corpo, e sei que meu sucesso profissional está muito próximo de mim neste momento. Consigo visualizar o meu futuro emprego como se já estivesse trabalhando e sei, que quando começar a trabalhar terei uma rotina atribulada e, muito provavelmente cheia de viagens e compromissos e, em relação ao meu namoro, agora é a hora de construir uma base muito sólida para uma vida em comum! A hora é AGORA e a minha hora chegou!!!!

*amanhã coloco meu peso e rotina alimentar diariamente… hoje eu dei uma vacilada, depois de voltar da corrida/caminhada me deu uma vontade muito grande de comer um doce e comi umas balas! 😦

Contando os dias

Hoje eu trabalhei o dia todo, e levei lanches para comer por lá. Como eu já estou indo embora pro Brasil, volto na sexta feira, estou levando as coisas que comprei e vou comer isso até sexta e não mais fazer compras. Não vejo a hora de chegar ao Brasil e organizar melhor minha vida e minha alimentação. Estou um pouco ansiosa e de TPM e contando os dias prá voltar!!!

Hoje tive mais uma prova de que a Lei da Atração funciona MESMO!!! E agora estou canalizando todas as minhas forças no meu planejamento alimentar e físico para quando chegar no Brasil, porque que eu estou vergonhosamente gorda eu já sei, mas como não adianta chorar pelo leite derramado vamos seguir em frente.

De manhã eu tomei um shake, lá pelas 14h, a hora do meu break eu comi um macarrão com brócolis, molho e frango que eu tinha feito no dia anterior. No meu próximo break. lá pelas 17h ou 18h eu comi uma laranja e uma barrinha. Cheguei em casa morta de fome lá pelas 23h e comi um sanduiche de pão, queijo e algo parecido com presunto e umas 3 barrinhas.

Eu sei que tá tudo errado, mas eu não tenho condições de comer nos horários certos com esses breaks, mas de qualquer forma essa é a última semana!!! E o último dia longo desse jeito!!!!

Brasil, sexta feira eu tô partindo!!! Sabadão eu tô aí!!!!

desculpas e mais desculpas…

Postei a imagem do desafio mas acabei nem postando mais nada e hoje vou ser bem sincera e não vou mais deixar de escrever qd as coisas não saem conforme o planejado.  Ontem eu fui no supermencado com a intenção única e exclusiva de comprar laranjas e barrinhas de cereal para comer por aqui e não comer na rua em hipótese alguma até o dia de ir embora.  E quem disse que eu consegui? Nada, sai do supermercado com 2 caixas de Pringles, um pacote de biscoito Oreo, as laranjas, as barrinhas, pão e um shake que comprei pq acho que me pode ser bastante útil, de proteína com gosto de chocolate.

Ai que raiva de mim! Eu não sou uma pessoa normal que pode ter Pringles e biscoito Oreo em casa! Não sei comer educadamente, isso também acontece quando compro uvas, eu sempre como tudo de uma vez só. Eu comi uma caixa de Pringles de uma vez só e a outra tá muito quase acabando e os biscoitos estão na metade também. Qual é o meu problema? Eu sou tão determinada prá tantas coisas, por que eu não estou conseguindo!?!?!?

Hoje foi a minha graduação aqui. Foi legalzinha e teve um buffet, eu não tomei café em casa mas lá eu nem me esbaldei também não. Comi um arroz e uns salgados folhados e uma massa. Falando assim parece muito mas eram uns pratinhos MUITO pequenos, menor que um pratinho de sobremesa normal, então nem comi tanto. Até aí tudo bem, mas depois eu comi morango com chocolate, tipo fondue, mas levando em consideração que era uma festa com muita comida eu até que comi pouco também, comi uns três ou quatro morangos e fim. Também tinham umas tortas que pareciam muito boas, mas graças a Deus a minha educação falou mais alto e eu deixei prá ver essa outra mesa depois e quando eu cheguei lá simplesmente tinham acabado TODAS as tortas! Ainda bem mesmo!!!! Senão eu ia acabar comendo também!!!

Não estou feliz com o meu peso! Estou me sentindo muito mal, não consigo me reconhecer quando vejo minhas fotos e fico muito triste por, em um momento com acontecimentos tão legais, eu estar tão horrorosa! E eu nunca mais vou viver isso novamente e agora que eu vivi eu vou ter que guardar essas fotos baleísticas de recordação. Nem me animo a tirar fotos, assim como não me animo a comprar coisas prá mim. Às vezes eu acho que devia me aceitar gorda mesmo e parar com isso mas é impossível prá mim!

E eu vou conseguir emagrecer!!! Essa, pelo amor de Deus, tem que ser a última vez!!! Não aguento mais!!!

Agora ainda tá uma mistura de ansiedade por faltar uma semana prá voltar prá casa com saudade de tudo e com medo em relação à vida profissional. Tudo junto! Mas o que mais me preocupa, do fundo do coração neste momento é o meu peso e é SER MAGRA e acima de tudo ter uma vida saudável.

E prá piorar ainda estou com uma super TPM, super inchada e ainda mais ansiosa!!! E se hoje foi a festa, amanhã é outro dia e eu vou conseguir!!! Eu estou confiante que vou conseguir emagrecer… EU CONFIO EM MIM E SEI QUE SOU CAPAZ!!!!