Começo do desafio

Comecei o desafio hoje, mesmo não tendo dado muito certo eu segui em frente, acabei fracassando na parte do doce. Eu acabei esquecendo, cabeça de gordo é um problema, mas mesmo assim vou seguir em frente. Primeiro dia -1 ponto prá mim.

Eu agora estou me sentindo exatamente do mesmo jeito que me senti antes de vir prá cá. Eu sei que as coisas estão mudando, está dando tudo certo conforme eu havia planejado, porém eu me sinto um pouco paralizada, como se um frio na barriga interminável tomasse conta de mim. Sinto que terei muitas notícias boas para dar até o final desse ano, muitas realizações e muitas mudanças e mudanças sempre doem, por melhor que possa ser é sair da zona de conforto e esse ano é o ano de sair da minha zona de conforto.

Muitas notícias boas virão.

Em relação ao desafio, totalmente sem disciplina da minha parte mas vou postar o que eu comi.

Acordei e não comi nada, saí e fui para o shopping e lá prás 15h tomei um café com leite, depois por volta das 18h eu e uma amiga dividimos um sanduiche estilo Subway e uma batata frita. Cheguei em casa lá pelas 21h e comi duas laranjas.

Anúncios

Ansiedade.. mas por que?!?! Eu sei que vai dar tudo certo!

Bom, agora faltam 13 dias prá eu voltar pro Brasil, é muito estranho o que eu estou sentindo, uma sensação muito esquisita. Uma ansiedade misturada com um medo, não pensei que fosse me sentir assim, pois estou reclamando de viver longe já tem um tempo. Mas parece que quanto mais perto vai chegando do dia de voltar vai caindo a ficha que lá não é mais o paraíso distante e que eu deixei um monte de problema, inclusive, por lá. Eu amo todas as pessoas que deixei e quero muito rever a todos, mas agora, nessa reta final está me dando vontade de ficar mais tempo por aqui, na verdade não sei bem se é mesmo isso que eu quero até porque eu nem tenho como ficar por aqui, mas querendo ou não a minha vida mudou neste lugar e é impressionate como a gente acaba se acostumando com as outras. Eu tenho uma rotina aqui, e isso nunca mais vai voltar.

Estou com saudade de comer direito, da academia, do almoço, de tudo, mas agora a ficha está caindo que eu venho tentando, tentando emagrecer já fazem dois anos e a minha vida por lá não é nada perfeita e não consegui ser disciplinada o suficiente. O mesmo medo e angústia que me davam antes de vir. a vontade de não falar sobre o assunto de deixar as malas prá arrumar de última hora, de não querer esperar muita coisa mas já esperando, a mesma sensação,é isso que eu sinto neste momento.

É estranho demais imaginar sair daqui e “nunca mais voltar”. Isso aqui é extremamente familiar prá mim agora, é um lugar que eu gostaria de voltar com as pessoas que eu amo sempre que quiser. É estranho pensar que não vou mais pensar o que fazer nos meus dias off, que não vou mais reclamar da comida daqui, que não vou mais ouvir inglês e que ninguém mais vai olhar prá mim e, antes de eu abrir a boca começar a falar em espanhol, e que eu não vou mais ficar muito puta com isso… Que eu não vou mais poder juntar meu dinheiro, pegar hora extra, fazer lista do que eu quero comprar, ir no outllet, reclamar do meu cabelo horroroso e da minha unha sem fazer…

E quando eu chegar? A responsabilidade será maior. Eu agora não posso mais dar desculpas, uma lição eu com certeza aprendi aqui, por mais difícil que possa parecer siga em frente. Eu quis voltar, quis desistir, quis ir embora, mas eu simplesmente não podia voltar atrás, e também não queria isso, então por mais difícil, é um desafio prá mim! E eu não vejo a hora de ser um desafio vencido.

Eu simplesmente não posso mais deixar os meus desafios prá depois, ver impecilhos e não seguir em frente.

É estranho! Mas eu tenho que seguir em frente em tudo que eu propor, e eu tenho certeza que a sensação do dever cumprido, de ter vencido meus desafios superará qualquer medo. Mas o mais estranho é que parece que não acabou, eu sem querer ainda faço planos prá vida aqui. Planos bestas, sem querer me pego planejando ir a um jogo de Baiseball, marcando coisas para o inverno e depois eu lembro que não vou mais estar aqui, é como um estalo. Planejo como tenho planejado durante esses seis meses, trabalhar para comprar alguma coisa que preciso, coisas assim e de repente eu vejo que vou embora daqui a DUAS SEXTAS FEIRAS.

Nunca fui a melhor amiga das minhas roomates, mas é estranho pensar que daqui a duas sextas feiras eu NUNCA mais vou vê-las. Simplesmente porque eu vou pro Brasil, uma vai prá Alemanha e a outra prá Tailandia e fim, nunca mais verei essas pessoas que eu converso todo dia, pergunto como foi o dia e reclamo das festinhas e das panelas que elas não lavam.  É TUDO muito esquisito!!!

Chego a conclusão que não mais farei planos e que SIM, tudo que planejei para a minha volta ao Brasil irá acontecer porque EU TENHO força o suficiente para vencer os meus obstáculos!

E eis que entramos no assunto do blog… Estou com muito pouco dinheiro depois que voltei de NY, eu fiquei praticamente quatro semanas sem receber quase nada porque tive que pagar o meu aluguel então eu não tenho como ir no Wal Mart e fazer as compras saudáveis. E nem tenho tempo prá comer saudavelmente. Parei de comer chocolate igual tava comendo e deixei alguns hábitos americanos que eu estava adquirindo prá trás. E estou comendo o que tem MESMO. Tenho vergonha absoluta de falar isto mas é a pura verdade, tenho comido só o que tem então essa semana eu me empanturrei de biscoito Oreo e snacks com barbecue sauce e honey moustard. Sei que isso é péssimo mas eu to muito sem grana mesmo e nem quero ficar comprando coisa prá deixar aqui prá jogar fora.  Não tenho comido biscoito Oreo e snacks por gula não, é por fome mesmo!

Ahh também faço muito macarrão aqui, como com frequência com frango, aliás peito de frango também faz parte da minha alimentação por aqui. Além de tomar café quase o tempo todo, hábito que eu não tinha e mascar chiclete o tempo todo, mas aí eu continuo com o Trident então pelo menos nessa parte eu fico sem o açucar!

É péssimo eu sei, mas de manhã eu só tomo um café com leite no restaurante que trabalho e depois vou comendo o que dá, mas não tenho feito comida prá levar pro trabalho..  Ahh e também como muita granola com leite.. É basicamente isto a minha alimentação por aqui e vai continuar sendo nas próximas duas semanas, só não vou mais comer biscoito porque não vou mais comprar. E por enquanto é isso…

Quando chegar no Brasil o desafio continua…  já tenho algumas metas para até o fim do ano, e certamente disciplina e cuidado comigo são as metas principais, além do excelente trabalho que tenho certeza que irei conseguir, pois já estou atraindo tudo isso para mim!!!

E agora, na reta final, eu só tenho vontade de agradecer por estar vivendo tudo isto, foi/está sendo um aprendizado inigualável para mim e isso não tem preço…

Contando os dias prá voltar pro Brasil

Voltei ontem de NY! Foi tudo mais que perfeito, conheci lugares maravilhosos, fui na Broadway, foi tudo um sonho, adorei cada momento e me senti extremamente inserida em tudo por lá. Não pensei na dieta e odiei as minhas fotos, taí um motivo a mais prá emagrecer e um motivo a mais prá voltar a NY. Quero fotos MAGRA em NEW YORK!

Esse ano está sendo maravilhoso prá mim, está dando tudo mais que certo e tirando a saudade monstra do meu amor está tudo saindo melhor do que eu imaginava. Até minhas reclamações serviram prá melhorar e agora que está acabando o meu tempo aqui eu vejo que o intercâmbio me ensinou muito e muito vem me ensinando. Agora começo a entender o que todo mundo fala em relação à intercâmbio e mesmo reclamando e passando por situações extremamentes difíceis no final fica tudo maravilhoso.

E continuo com as minhas metas para esse ano e emagrecer está no topo da lista. Mas fiquei duas semanas sem trabalhar e tenho que pagar dois alugueis seguidos descontados na minha folha de pagamento, então tô sem grana prá fazer compra e sem cabeça prá pensar em cozinhar, até pq aqui em casa tá td uma zona mas eu nem me importo mais com bagunça de roomate folgada. Então tô comendo só snacks por duas semanas e qd eu voltar pro Brasil eu vejo o que eu faço…

Eu sei que o blog não é prá isso mas não tinha como não dizer o quanto estou feliz!!!!

e agora a próxima parada é o Brasil, dia 03 de outubro eu tô chegando e dia 03 de outubro está chegando!!!!

Desculpa por não postar sobre alimentação, mas está sendo tudo tão perfeito que acho que vou até emagrecer por tabela… hahaauhauhuauha

TÔ VOLTAAANNDDOOO!!!!

Tô mais gorda que a lua!

A partir de amanhã me comprometo a ficar pelo menos até sábado sem comer um doce e sem comer nada despois das 9 da noite. Estou uma bola e estou voltando pro Brasil em um mês. Eu só vou me comprometer até sábado pq no sábado estou indo prá NY, e depois vêem uma nova fase..

Vou tentar a Dieta de Sonoma novamente, e dessa vez vou seguir em frente e vou conseguir.. vou chegar no Brasil pelo menos um pouco mais magra. Me comprometo também a reiniciar minhas corridas na esteira, mesmo que por quinze minutos.

Até amanhã!

E agora começa a ficar bom!!!

Ahhh desculpa aí vai?! Sei que o blog é de alimentação mas tenho que falar sobre algumas coisas que não tem muito a ver com o tema por dois motivos, primeiro que o blog é sobre saúde tb e segundo que o blog é meu e, se eu deixar prá depois vai parecer que eu sumi do nada e depois fiquei dando desculpas esfarrapadas prá não ter emagrecido.

Faltando dois meses prá terminar meu intercâmbio eu resolvi que vou sair daqui com os meus objetivos atingidos e tinha resolvido mesmo que não ia mais andar com a  brasileirada. Nada contra, mesmo, mas é que tava baixando o meu astral, muita fofoquinha, briguinha e eu tava quase regredindo aos meus 15 anos e ainda por cima tava emperrando o meu inglês. Eu sentia que quando tinha algum brasileiro por perto eu dava uma travada ainda maior, e pior, ficava quieta e acabava deixando que a outra pessoa falasse por mim e isso não é bom, não foi o que eu vim buscar. E eu comecei a perceber que os americanos/europeus/latinos/asiáticos/etc gostavam da minha companhia e de conversar comigo mesmo o meu inglês não sendo bom, então por esses e outros motivos eu resolvi me afastar dos brasileiros do meu programa de intercâmbio.

E conscidência ou não meu celular daqui caiu na água e eu ainda perdi o chip. Então resolvi simplesmente não comprar outro e ficar sem celular até comprar o que eu quero prá levar pro Brasil. E isso foi a melhor coisa que aconteceu! Agora eu não tenho nem como ter recaídas e não tenho nem com quem conversar em português, então eu sou obrigada a falar inglês o tempo todo e não posso ficar quieta ou mudar a minha personalidade, então sinto que estou bem mais tranquila e mais relaxada com o meu inglês e consigo me expressar e bater papo sobre qualquer coisa com todas as pessoas do meu trabalho. Parece bobeira mas tô bem feliz por isso, agora eu entendo as piadas, eu reclamo da vida, eu simplesmente sou eu mesma e consigo me expressar. Eu agora no final do dia, super cansada consigo pensar em inglês, e mesmo que o meu vocabulário não seja aquela maravilha eu não tenho mais vergonha de perguntar o que eu não sei.

E agora faltando um pouquinho mais de um mês prá ir embora eu sinto que os meus objetivos vêem sendo alcançados e estou MUITO feliz por isso! Muito mesmo! E por isso, muitas vezes eu nem me cobro mais tanto em relação ao peso, (não agora!) e sinceramente, aprendi que o segredo é não me cobrar tanto assim e deixar as coisas fluírem. Me cuidar mais e mudar meus hábitos e a minha relação com a comida foram resoluções que fiz prá esse ano, assim como morar fora e melhorar o inglês, e esse ano ainda tá na metade e eu tenho mais um mês de Estados Unidos pela frente e resolvi ir por partes e riscar um ítem de cada vez da minha lista.

Aqui é complicado de fazer as unhas, cabelo, essas coisas básicas. Eu não tenho o dom de saber fazer minhas unhas e ando muito mal arrumada por conta do trabalho- prá ser mais exata com um uniforme de baiseball que é o tema da lanchonete onde estou trabalhando agora- então acho que não tem cabimento nenhum ficar me culpando por não estar fazendo escova e pelo meu cabelo estar com três cores diferentes, isso eu resolvo rapidinho quando eu voltar pro Brasil!

Tá complicado prá mim correr todos os dias, eu vou quando dá na academia do condomínio q não é lá essas coisas. Eu moro em Lake Buena Vista, trabalho na Disney e NÃO tenho carro, aqui é muito perto de Orlando mas ao mesmo tempo é tudo muito longe, não dá prá ter uma vida paralela quando se estuda e se trabalha na Disney, durante seis meses a minha vida está sendo só Mickey, Magical Moments e etc, mas eu me informo, vejo TV e leio e procuro não ficar bitolada nessa história de Disney o tempo todo. Mas mesmo assim é inevitável que eu converse sobre parques e sobre trabalho, que eu saiba a localização das melhores atrações e que a Cinderela e  Princesa Aurora sejam minhas amigas íntimas agora!

Mas enfim, eu estou agora muito feliz que meus amigos virão passar uns dias aqui em Orlando e eu vou sair do meu mundinho, vou passear um pouco e não vou trabalhar por 10 dias! Depois de mais um tempinho eu vou prá NY por seis dias e depois de mais um pouquinho eu volto pro Brasil! E eu sei que preciso emagrecer, que preciso me cuidar mas essa viagem está servindo acima de tudo, prá eu me conhecer e saber em que eu tenho que mudar ou melhorar. Estou aprendendo muito a gostar de mim e a aceitar certas limitações que eu tenho e acima de tudo, trabalhar os meus pontos fracos. Está sendo ótimo prá me conhecer melhor e prá saber, principalmente que eu não posso ser dependente de pessoas, tenho que saber conviver comigo mesma e estar bem assim!

E por aí vai… uma coisa de cada vez…

Post enoooorrmmmee! Mas eu realmente preciso muito falar dos meus sentimentos nesse lugar, pq sem desculpas, se eu não emagreci nesses seis meses, não foi mesmo, por falta de vergonha na cara.. eu ganhei e venho ganhando, muito mais coisas nesse lugar do que alguns quilos, que por sinal eu nem ganhei… eu continuo gorda da mesma forma, não engordei….

Uma coisa de cada vez….